Os peixes sentem dor quando são fisgados pelo anzol?

peixes - Foto de Rose Nakamura
Foto- Rose Nakamura
Local Japão

Definitivo: peixes não sentem dor

Detalhado estudo de universidade norte-americana serve de apoio para todos os praticantes do esporte

Os peixes podem sentir dor? Essa questão, que por muito tempo suscitou polêmica e calorosos debates, sendo usada por grupos que visam atacar a imagem da pesca como esporte, agora parece estar resolvida.

Um detalhado estudo liderado por pesquisadores da Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos, e publicado primeiramente no jornal científico Fish and Fisheries, e em outros veículos de todo o mundo, mostrou que esses animais são incapazes de sentir dor, mesmo quando fisgados com anzol e submetidos a brigas na ponta da linha.
Isso acontece porque os peixes não possuem estrutura cerebral, nem terminações nervosas suficientes que permitam vivenciar sensações de dor. Ainda de acordo com o estudo, quando o animal se debate após ser fisgado, ele esta apenas reagindo de maneira inconsciente e não sofrendo.
Para chegar a essa conclusão foram conduzidas pesquisas nas quais se inseriram agulhas, veneno de abelha e ácido em espécimes de truta arco-íris.
“Apesar de grandes injeções de substâncias que causariam severa dor em seres humanos – a truta não mostrou essa sensação –, é altamente improvável que um peixe possa sentir dor”, afirmou Jim Rose, líder do estudo e professor de zoologia e fisiologia da instituição.
Apesar dessas conclusões os responsáveis pelo estudo fizeram questão de salientar que os peixes merecem ser tratados com respeito, algo que todo verdadeiro fã da pesca já sabe de cor.
texto de Rafael Peres Kassapian

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!
Será um prazer ler seu comentário. Porém
NÃO PUBLICAREMOS
COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.



Gostou Compartilhe

leia mais



ultimas postagens

Arquivo

Marcadores

visualizações

Uso das imagens

Algumas das imagens aqui divulgadas não são de minha autoria. Se alguma imagem for sua e você desejar que ela seja creditada ou retirada, por favor, entre em contato.