Seja como uma pipoca

hortênsias- Foto de Rosemeire Nakamura
Foto de hortênsias
Milho de pipoca que não passa pelo fogo continua a ser milho de pipoca para sempre.
Assim acontece com a gente: as grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo.
Quem não passa pelo fogo fica do mesmo jeito a vida inteira. Milhos de pipoca que não estouram são pessoas de uma mesmice e uma dureza assombrosas. Mas elas não percebem, e acham que seu jeito de ser é o melhor jeito de ser.

De repente vem o fogo.
O fogo é quando a vida nos lança numa situação nunca imaginada: a dor.
Pode ser fogo de fora - perder um amor, um filho, o pai, a mãe, ficar sem emprego ou tornar-se pobre.
Pode ser fogo de dentro - pânico, medo, ansiedade, depressão ou sofrimentos cujas causas ignoramos.

Sempre há o recurso de apagar o fogo. Sem fogo, o sofrimento vai diminuir, mas diminuirá também a possibilidade da grande transformação.
Imagino que a pipoca, fechadinha dentro da panela, cada vez mais e mais quente, pensa que sua hora chegou: vou morrer!

Dentro de sua casca dura, fechada em si mesma, ela não consegue imaginar um destino diferente para si. Não imagina a transformação para a qual está sendo preparada.
A pipoca não sabe do que é capaz. Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo, a grande transformação acontece: BUM!

E ela aparece como outra coisa completamente diferente. Algo que ela nunca havia sonhado ser.
Bom, mas ainda temos o ‘piruá’ - aquele milho de pipoca que se recusa a estourar. É como aquela pessoa que insiste em não mudar.

Ela acha que não pode existir nada mais maravilhoso que sua própria maneira de ser. A presunção e o medo são as duras cascas do milho que não estoura. No entanto, o destino dele é triste: será duro pela vida inteira!

Deus é o fogo que amacia nosso coração e tira dele o que há de melhor. Acredite: para extrairmos o melhor de dentro de nós, temos de, assim como a pipoca, passar pelas provas da vida.
Talvez hoje você não entenda o motivo de estar passando por algo. Mas, quanto mais quente o fogo, mais rápido a pipoca vai estourar.

Luiz Gasparetto

2 comentários:

  1. Amei o seu blog. Viajei nele. Adoro as coisas que Gaspareto escreve e fala. Portanto lhe comunico e peço a sua permissão, mas estou levando ele comigo, junto com as suas pipocas. rsrsrsrssr
    Muito obrigada.
    Curiosa lhe agradece muito.
    Com carinho
    Sandra

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro o que o Gasparetto fala e escreve, essa mensagem é linda, realmente é desse jeito que tem acontecido comigo! Gratidão por compartilhar!

    http://www.gotinhasdeesperanca.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Será um prazer ler seu comentário. Porém
NÃO PUBLICAREMOS
COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.



Gostou Compartilhe

leia mais



ultimas postagens

Arquivo

Marcadores

visualizações

Uso das imagens

Algumas das imagens aqui divulgadas não são de minha autoria. Se alguma imagem for sua e você desejar que ela seja creditada ou retirada, por favor, entre em contato.