Andressa Urach reúne 8 mil fiéis em Manaus

Andressa Urach reúne 8 mil fiéis em Manaus e diz que quer ser obreira
Urach diz que mudou de vida após 'encontrar morte' no hospital (Foto: Divulgação/Igreja Universal)
Quatro anos de prostituição, R$ 15 mil por programa, noites com pelo menos 2 mil homens, 14 plásticas, 28 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), três dias em coma. Na manhã deste domingo (13), a modelo Andressa Urach relembrou traumas do passado em um testemunho na Igreja Universal do Reino de Deus, em Manaus. Cerca de 8 mil pessoas ouviram o depoimento da ex-prostituta, que disse ter dormido com empresários amazonenses. Na capital, ela revelou o desejo de ser tornar obreira de Deus.
"Eu estava em coma e morri naquele dia. Vi minha alma saindo do corpo. Fui para o julgamento. Era um lugar claro, plano de muita paz. Eu estava nua. Não tinha joias, não tinha roupa, não tinha nada do que eu cultivei a minha vida inteira. Me passou um vídeo da minha vida. Eu não merecia ir para um lugar bom, eu sabia que a minha alma estava condenada ao inferno. Aí eu senti Deus se aproximando, uma força tão grande que eu não consigo explicar", disse ela aos fiéis.Urach está em Manaus desde o sábado (12) para o lançamento do livro "Morri para viver". A obra reúne relatos íntimos da vida da modelo, que inclui o uso excessivo de drogas e até relação sexual com um cachorro.

Na manhã desde domingo, ela contou como teve a vida transformada ao "ver a morte" no dia 29 de novembro de 2014, durante internação na UTI após uma infecção generalizada causada pela aplicação de hidrogel.
Fonte - g1.globo

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!
Será um prazer ler seu comentário. Porém
NÃO PUBLICAREMOS
COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.



Gostou Compartilhe

leia mais



ultimas postagens

Arquivo

Marcadores

visualizações

Uso das imagens

Algumas das imagens aqui divulgadas não são de minha autoria. Se alguma imagem for sua e você desejar que ela seja creditada ou retirada, por favor, entre em contato.