ensaio nu no metro

FOTO: Loiro Cunha

A artista plástica de 25,VICTORIA GARAVENTA,  tem paixão por taxidermia, coleciona ossos e, a seguir, atravessa a selvagem noite de São Paulo sem roupa

Fotografar no metrô foi bem maluco. Era quase meia-noite. Saímos da estação Consolação até a Vila Madalena, num dos últimos trens. A ideia era tentar captar certa selvageria da cidade, uma coisa meio "Anybody seen my baby", aquele clipe dos Stones. Estava tudo indo bem, eu estava apreensiva, mas tranquila. Todavia, assim que botei o pé no metrô, pronto: encontrei um cara que eu conheço, de uma galeria. Fiquei tensa. Mas conseguimos despistá-lo. Depois, tudo foi muito rápido, eu tirava uma parte da roupa, as fotos eram feitas. Então, a gente saiu, pegou o carro. Eu estava na caçamba, sem a parte de cima da roupa, naquele túnel da Paulista, com outros carros passando. Em resumo, foi bem divertido.

http://revistatrip.uol.com.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!
Será um prazer ler seu comentário. Porém
NÃO PUBLICAREMOS
COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.



Gostou Compartilhe

leia mais



ultimas postagens

Arquivo

Marcadores

visualizações

Uso das imagens

Algumas das imagens aqui divulgadas não são de minha autoria. Se alguma imagem for sua e você desejar que ela seja creditada ou retirada, por favor, entre em contato.