Como Ser Legal




"Como Ser Legal" é o nome do livro que o escritor inglês Nick Hornby lançou este ano. Conta a história de um cara que era um chato e que, quando percebe que seu casamento está indo para as cucuias, resolve se transformar num benfeitor, num boa praça: e se torna mais chato ainda.

Todo mundo quer ser legal, e todo mundo se ferra na empreitada. É difícil ser legal o tempo inteiro. A gente consegue ser legal a maior parte do tempo, mas aí faz uma besteira e pronto: tudo o que você fez de bom é imediatamente esquecido e você se torna apenas aquele que fez a grande besteira. Aí você precisa de mais uns dois meses sendo exclusivamente legal para todo mundo esquecer da besteira. E quando eles esquecem, você faz outra, claro.

Mas você é legal. Você é simpático com os amigos, dá sempre uma força quando eles precisam. Você puxa papo com o garçom, abre a porta do elevador para sua vizinha entrar, você acaricia a cabeça das criancinhas, você é fiel à sua namorada, você até empresta seus discos. Você é 24 horas por dia legal, até o momento em que sua mãe pede para você almoçar na casa dela, você vai e diz que o suflê está intragável. Está mesmo. Mas ela diz que você fala isso só para implicar, aí você pede desculpas, aí ela diz que você nunca aparece e quando aparece é para reclamar, aí você diz para ela parar de fazer chantagem emocional e aí ela corre para o quarto chorando e você, que achava que sua mãe já estava na menopausa, descobre que ela ainda sofre de TPM.

Tem hora que é imprescindível chutar o balde. Tem hora que é fundamental deixar a verdade nua e crua vir à tona. Tem hora que você precisa dizer para sua namorada: eu te adoro, mas quero ficar sozinho hoje à noite, qual é o problema? O problema é que ela passa a te odiar. E você passa a achar que não tem vocação pra ser legal o tempo inteiro. E é verdade. Ninguém tem. É cansativo. Desgastante. Já somos legais à beça por tentar. Tem gente que nem isso.



Martha Medeiros

8 comentários:

  1. Oi Rose.
    Concordo plenamente com a Marta.
    Essa coisa de ser sempre e totalmente bonzinho/a, tema mais a ver com fragilidade que om sinceridade.
    Valeu.
    Beijão.

    ResponderExcluir
  2. Olá Rose... adorei o texto. Aliás a Martha Medeiros tem o dom de escrever sobre o cotidiano de forma genial... e é isso aí... ser legal dá muito trabalho e muita discussão.... kkkkkkkkkkkkkkkkk
    Beijo no coração

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto da Marta, não da pra forçar e ser legal o tempo todo, isso cansa e no fundo não é nada legal! Viva a sinceridade e espontaneidade das coisas!

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Gostei do texto, concordo, afinal é muito difícil ser legal o tempo todo, eu mesma sou muito sincera e as vezes termino sendo muito chata, mas estou tentando melhorar rsrs
    Ficou curiosa a respeito do livro!

    Passa lá no meu blog 💜
    www.talytaxavier.com

    ResponderExcluir
  5. Concordo plenamente com o texto. Adorei que vc abordou esse tema no seu blog.
    Bjus
    Jaque
    www.quebreiaregra.com.br

    ResponderExcluir
  6. Adorei seu texto, eu concordo não tem como ser legal sempre AA vezes tudo que precisamos e explodir só a gente sabe tudo que temos que aguentar o tempo todo

    ResponderExcluir
  7. Tem dias q a gente explode mesmo!! as vezes e necessario!

    ResponderExcluir
  8. Tai. ..este texto da Marta é maravilhoso ..Gostei vou até procura algo escrito por ela para acompanhar..
    www.robsondemorais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Será um prazer ler seu comentário. Porém
NÃO PUBLICAREMOS
COMENTÁRIOS ANÔNIMOS.



Gostou Compartilhe

leia mais



ultimas postagens

Arquivo

Marcadores

visualizações

Uso das imagens

Algumas das imagens aqui divulgadas não são de minha autoria. Se alguma imagem for sua e você desejar que ela seja creditada ou retirada, por favor, entre em contato.